Geleia de pitanga com baunilha

by Monica Hering

Adoro quando chega a época de pitangas e recebo aqueles pacotes perfumados na cesta de orgânicos… Elas são tão delicadas, que muitas já chegam desmanchando! É o tempo certo de lavar com cuidado sobre uma peneira e colocar na panela para fazer uma boa geleia. Antes de preparar, reservo algumas que estão bem firmes e bonitas para usar em sucos e aquela caipirinha de fruta do domingo… O colorido é simplesmente incrível!

Pitanga

Nos últimos dias as pitangas que recebi me fizeram mais feliz e agradecida do que de costume (mesmo com algumas larvinhas!). Fiz a primeira sessão de quimioterapia e depois de tanta tensão e ansiedade, chegar em casa e preparar a geleia de pitanga com a última fava de baunilha (que guardei para algo bem especial!) foi tudo que precisei para me sentir melhor.

Geleia de pitanga com baunilha

Ainda não sei ao certo como serão os tais efeitos colaterais, mas estou tentando não pensar muito a respeito e aproveitar os momentos em que me sinto bem para fazer aquilo que gosto! Durante os próximos meses farei sessões de quimioterapia semanais, então é bem possível que não consiga compartilhar muitas receitas novas por aqui. Mas vou me esforçar bastante!

Sobre a geleia de pitanga: se não tiver uma fava de baunilha, coloque um pouco de extrato de baunilha bem no final do cozimento. E para saber o ponto ideal da geleia, existe um truquezinho bem simples. Enquanto prepara tudo, coloque um pires na geladeira (ou no freezer). Quando achar que está no ponto, pingue uma gota da geleia no pires e vire-o para ver se escorre. Se a gotinha escorrer bem devagar, endurecendo, está na hora de retirar a panela do fogo!

Geleia de pitanga com baunilha

Geleia de pitanga com baunilha

Ingredientes

  • 4 xícaras de pitangas maduras
  • 1 ½ xícaras de açúcar demerara
  • 1 fava de baunilha (opcional)

Modo de fazer

  • Cozinhe as pitangas junto com o açúcar até amolecer e começar a soltar as sementes. Aperte bem com as costas de uma colher de pau.
  • Desligue o fogo e transfira para uma peneira (ou escorredor de macarrão) apertando bem para extrair toda polpa da fruta.
  • Volte para a panela, junte a fava de baunilha aberta e raspada com a ponta de uma faca. Cozinhe em fogo médio por uns 30 minutos, mexendo ocasionalmente, até engrossar.
  • Transfira para vidros esterilizados ainda quente e feche. Depois de aberto, guarde na geladeira.
Geleia de pitanga com baunilha

Outras sugestões:

Deixe um comentário