Molho vermelho de beterraba e cenoura

by Monica Hering

Molho de beterraba e cenoura

Quem nunca fez aquele planejamento​ ​para o cardápio da semana, com lista de compras e quantidades​ ​certas​ ​para não haver sobras ou desperdício e, quando chegou no mercado,​ ​se deu conta que aquele ingrediente​ ​”chave” estava em falta/caro/horrível?

Acontece sempre, mas quando você não quer apelar para o plano B (no meu caso,​ ​os tomates pelados​ ​em​ ​lata), é preciso pesquisar um pouco até encontrar a solução perfeita. Eu queria um molho vermelho para minhas panquecas de espinafre, bem verdinhas​​.​ ​Já havia imaginado o prato finalizado, o sabor e até como ficaria a foto para publicar aqui no blog…

Molho de beterraba e cenoura

O que eu não imaginei é que a solução “paliativa” seria tão boa, a ponto de superar a ideia original. Olhando na foto parece só mais um molho vermelho, não é verdade? Mas preciso insistir para que testem essa receita. Ela é muito​ ​boa! Em termos de nutrientes é perfeita.​ ​Além disso,​ ​foi muito mais fácil encontrar os principais ingredientes em versão orgânica, do que normalmente é com os tomates…

Já repeti a receita mais uma vez e posso garantir que combinou com espaguete acompanhado de almôndegas veganas. Ela também ficou incrível nas camadas de uma lasanha de vegetais.

Receita quase nada modificada da Bela Gil.

Molho de beterraba e cenoura

Molho vermelho de beterraba e cenoura

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de óleo vegetal
  • 2 cenouras
  • 1 beterraba
  • ½ cebola
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 colher (chá) de orégano seco
  • 1 folha de louro
  • 3 xícaras de água
  • Sal e pimenta do reino
  • 1 pitada de noz moscada
  • 1 colher (chá) de vinagre de maçã
  • 2 colheres (sopa) de shoyu (molho de soja)

Modo de fazer

  • Corte a cenoura, a beterraba e a cebola em pedaços médios. 
  • Aqueça uma panela grande e refogue a cebola no óleo, até começar a dourar. Junte o alho e cozinhe por mais 1 minuto.
  • Junte a cenoura, a beterraba, o orégano e a folha de louro e refogue bem. Acrescente a água, abaixe o fogo e cozinhe por uns 30 minutos, ou até que os legumes fiquem macios.
  • Tempere com sal, pimenta do reino e noz moscada. Retire do fogo, espere alguns minutos e bata no liquidificador com cuidado por causa do vapor.
  • Junte o vinagre e o shoyu e bata novamente até que todos os ingredientes estejam incorporados.

Outras sugestões:

6 comentários

thaise 22 de dezembro de 2018 - 21:07

Boa noite Monica.
Gostaria de saber duas coisas: se pode congelar e se é para bater os legumes cozidos com a água que sobrar do cozimento.
Obrigada.

Responder
Monica Hering 9 de janeiro de 2019 - 09:16

Olá Thaise! Já congelei esse molho e ficou bom; na hora de bater, junte a água do cozimento!

Responder
M.jacira 17 de março de 2018 - 21:21

Já fiz e aprovei !!! tenho sempre em casa para quando as netinhas chegam de surpresa pedindo lasanha

Responder
Monica 18 de março de 2018 - 18:41

Esse molho é um verdadeiro curinga na cozinha!

Responder
Tarci 6 de março de 2018 - 15:16

Fiz e ficou muito bom! Até meu filho, que tem muita dificuldade em comer legumes, repetiu sorrindo. Vou fazer a lasanha de legumes com o tanto que sobrou (fiz receita dobrada). Abraço!

Responder
Monica 6 de março de 2018 - 16:42

Que delicia saber que o molho fez sucesso! Me conte depois como ficou a lasanha…!

Responder

Deixe um comentário