Chucrute ou repolho fermentado

by Monica Hering

E lá se vão algumas semanas no atual estado de isolamento que estamos vivendo. A chegada desse vírus nos trouxe tantas reflexões e dúvidas, que a única coisa que temos certeza é de quase ninguém vai sair desse período como entrou. É um momento que tendemos ficar mais apreensivos, porém também é uma oportunidade para nos apegarmos a coisas que gostamos de fazer, ou ainda, que queríamos começar, mas não tínhamos o tempo necessário.

Para mim, cozinhar sempre foi uma terapia, e agora, mais do que nunca, é a hora em que me desligo das preocupações ao meu redor e me concentro na execução da receita e em ter um prato gostoso pra degustar. Com sorte, esse prato rende maravilhosas sobrinhas para o dia seguinte.

Chucrute ou repolho fermentado

Algo que tem sido um curinga na minha alimentação? Os potes e potes de alimentos fermentados que venho fazendo nos últimos meses. Quem diria que tantos testes de fermentação seriam tão bem-vindos e saboreados com tanto prazer… Agradeço a todo o meu empenho em testar tantas receitas diferentes uma da outra, e em tamanha quantidade!

Os fermentados, além de todos os benefícios dos probióticos, têm a grande vantagem da durabilidade. Mantidos sob refrigeração, podem durar até um ano (ou mais…!). Como comprar alimentos frescos está um pouco mais difícil, é uma forma perfeita de prepará-los e consumir sem receio de que estraguem.

Chucrute ou repolho fermentado

O chucrute (ou repolho fermentado), é uma das receitas mais fáceis de introdução no incrível universo dos fermentados. Basicamente, são dois ingredientes: repolho e sal. A partir da receita básica, o céu é o limite em termos de temperos, ervas frescas e outros legumes que podem ser combinados. Quando se toma gosto, você não para mais de inventar!

Por fim, deixo o meu recado: cuide-se, cuide dos que estão à sua volta. Quando ficar difícil, respire fundo e busque fazer algo que traga um pouco de paz e confiança! E se puder, é claro, fique em casa.

Chucrute ou repolho fermentado

Ingredientes

  • 1 repolho branco (com aproximadamente 1 kg)
  • 1 colher (sopa) de sal marinho (15g)

Modo de fazer

  • Retire as folhas externas do repolho e reserve inteiras.
  • Pique o repolho em tiras finas, retirando a parte central (que é muito dura). Pode ser feito com uma faca bem afiada ou usando o mandoline.
  • Trandsfira o repolho picado para a tigela e polvilhe com o sal. Misture e reserve por 15 a 20 minutos.
  • Massageie bem o repolho com as mãos, até que o repolho comece a soltar água. Faça isso por uns 15 minutos, enquanto o líquido começa a se juntar no fundo da tigela. O repolho vai ficar bem mole e até mudar um pouco de cor.
  • Transfira o repolho para o vidro, em etapas, apertando bem para que não fique ar entre as camadas. Por fim, despeje o líquido que se formou no fundo da tigela.
  • Cubra tudo com as folhas inteiras de repolho reservadas. Coloque um peso, para que tudo fique submerso na água. Pode ser um vidro menor cheio de água, uma tampa de vidro pesada, ou até uma pedra que tenha sido bem higienizada e fervida.
  • Cubra o vidro com um pano limpo e elástico, ou com a tampa do vidro (sem apertar ao fechar, para que os gases possam sair!).
  • Olhe todo dia e cheque se o repolho está submerso, isso é muito importante. Dependendo da temperatura o chucrute vai fermentar mais ou menos rápido. Prove diariamente depois de 3-4 dias e veja quando estiver a seu gosto. Quanto mais tempo ele fermentar, mais ácido vai ficar. Se estiver quente, a fermentação será mais rápida. Quanto mais frio, mais lenta será.
  • Quando estiver no ponto de fermentação ideal para o seu paladar, transfira para vidros menores, tampe e guarde na geladeira. Pode ser guardado sob refrigeração até um ano, mas ficará cada vez mais ácido.
Chucrute ou repolho fermentado

Outras sugestões:

24 comentários

Maria 24 de novembro de 2020 - 11:10

Bom dia!Fiz o chucrute com repolho roxo,e também no pote de vidro com tampa..Depois de 5 dias ,não juntou água. Esta com a mesma aparência. SERÁ QUE ESTRAGOU??

Responder
Monica Hering 25 de novembro de 2020 - 15:04

Olá Maria! É importante formar água antes de colocar no vidro. Tem que massagear o repolho com sal até formar o líquido o suficiente para cobrir!

Responder
Karen Mayara 29 de agosto de 2020 - 16:03

Por favor, minha dúvida é se guarda da geladeira com toda salmoura ou retira???

Responder
Monica Hering 30 de agosto de 2020 - 11:54

Oi Karen! Guarda na geladeira com a salmoura. Aperte bem para que ela fique por cima, cobrindo o chucrute.

Responder
Rita de Cássia Siqueira 13 de agosto de 2020 - 22:55

Oi. Obrigada pela receita. Será que posso deixar num vidro bem fechado ou corre o risco de o vidro estourar? Agradeço por uma resposta.

Responder
Monica Hering 15 de agosto de 2020 - 13:53

Ôi Rita! Enquanto estiver fermentando, pode deixar num vidro fechado desde que você abra todo dia um pouquinho, para aliviar a pressão!

Responder
ANA CLÁUDIA SILVA BARBOSA 4 de agosto de 2020 - 11:26

Fiz o repolho. Mas depois de pronto tem uma baba. Estragou?

Responder
Monica Hering 5 de agosto de 2020 - 15:17

Olá! A textura do chucrute não é mais crocante. Mas não consegui imaginar como ficou o seu… Teste o sabor! O que não pode haver é mofo…

Responder
anderson 29 de julho de 2020 - 20:25

OLÁ! maravilha suas dicas , sabe como fazer com beterraba? chamado de beet kvass?

Responder
Monica Hering 30 de julho de 2020 - 14:29

Olá Anderson! Ainda não testei o kvass… Está na lista para os próximos testes!

Responder
ALVAIR Zunino 5 de agosto de 2020 - 10:06

Fiz essa receita de chucrute. Me lembra a infância, quando minha mãe e uma senhora alemã a ensinou. Exatamente igual a apresentada aqui.

Responder
Maria Tereza Zorzenon 16 de julho de 2020 - 16:10

Olá Monica, fiz com repolho roxo mas só apertei bastante no vidro fechado e coloquei o restante do líquido mas não coloquei peso em cima não tem problema pois ficou um espaço de uns dois dedos. Armazenei 5 dias num local escuro. Posso temperar com vinagre?

Responder
Monica Hering 16 de julho de 2020 - 20:15

Olá! Eu nunca coloquei vinagre no chucrute… A fermentação já é uma forma de conservar os vegetais!

Responder
Sonia 9 de julho de 2020 - 07:27

Obrigada, Parabéns por divulgar,

Responder
Pablo 7 de julho de 2020 - 05:52

Tem a opção de utilizar açúcar para deixá-lo menos ácido e um tanto agridoce ???

Responder
Monica Hering 7 de julho de 2020 - 18:29

Olá! Já fiz algumas variações de chucrute com passas, abacaxi, maçã e outras frutas, mas nunca com açúcar. Não sei se pode dar certo…!

Responder
Vittória 18 de junho de 2020 - 17:51

Oi, Monica!
No primeiro dia após o preparo é normal que a água que soltou do repolho + sal, e a qual ele está submerso, fique um pouco turva, escurecida?!

Responder
Monica Hering 18 de junho de 2020 - 18:28

Olá! Durante a fermentação a água vai se tornar turva sim, a cada dia um pouco mais. É o esperado!

Responder
Tania 17 de junho de 2020 - 08:41

Suas receitas são praticas e deliciosas

Responder
Monica Hering 17 de junho de 2020 - 17:25

Obrigada Tania!

Responder
Edilene Barbosa 23 de abril de 2020 - 22:53

Nunca experimentei,mas vou fazer essa semana ainda aproveitando o isolamento e enriquecendo o paladar.Grata por compartilhar.

Responder
mônica 20 de abril de 2020 - 21:04

Lindo e delicioso!!!!!! E vamos pra cozinha!!! Feliz que esteja bem e nos oferecendo boa comida! bjs

Responder
laura malta 14 de junho de 2020 - 16:51

fiz agora, vamos ver como fica. gratidão.

Responder
Monica Hering 14 de junho de 2020 - 17:01

Sou suspeita para falar desta receita… Adoro! Sempre tenho um vidro fermentando, ou já na geladeira…

Responder

Deixe um comentário