Bolo de cenoura, coco e fubá

Recebi de alguns leitores um novo desafio: o de testar receitas sem glúten. Eu não tenho intolerância ou qualquer tipo de alergia. No entanto, conheço algumas pessoas que têm restrições alimentares relacionadas ao glúten. Percebo que é algo cada vez mais comum, e nem sempre há versões de receitas que sejam gostosas.

Bolo de cenoura e coco sem glúten - vegano

Evito usar a farinha de trigo branca porque acho muito processada e sem gosto. Quando alguma receita pede farinha de trigo, prefiro utilizar a versão integral, ou meio a meio (branca e integral). Quando substituo a farinha de trigo em alguma receita ou faço receitas com outras farinhas, gosto da ideia de testar outras texturas, outros sabores. Principalmente havendo tantas alternativas disponíveis, muitas em versões bem rústicas (maravilhosas!) ou vindas de pequenos produtores.

Voltando ao bolo de cenoura – que considero um clássico quando falamos em bolo que mexe com nossas memórias e aquece o coração – não coloquei cobertura de chocolate… Mas poderia! Não que eu não goste, mas prefiro bolos sem cobertura porque acho que eles ficam doces demais. Adoro uma fatia de bolo com gosto de cenoura, laranja, limão ou fubá acompanhados de uma caneca de chá ou café… Quando o bolo tem cobertura, não consigo comer uma fatia inteira e só consigo sentir o gosto do chocolate!

Contudo, sinta-se a vontade para cobrir o seu bolo de cenoura com a sua cobertura de chocolate favorita. Aposto que também vai ficar uma delícia!

Bolo de cenoura e coco sem glúten - vegano

Bolo de cenoura, coco e fubá

Ingredientes

  • 2 cenouras raladas fino
  • 1 xícara de fubá
  • ½ xícara de farinha de arroz
  • 1 ½ xícara de açúcar demerara
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • ½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • ½ a 1 xícara de coco ralado
  • 1 ½ xícara de leite vegetal
  • ½ xícara de óleo vegetal
  • ½ colher (sopa) de suco de limão siciliano

Modo de fazer

  • Preaqueça o forno (180°C) e unte e enfarinhe uma forma redonda com furo central média.
  • Peneire os ingredientes secos em uma tigela grande. Misture.
  • Misture em outra tigela o leite, o óleo e o suco de limão. Junte com a mistura de farinhas na tigela grande. Mexa até ficar homogêneo.
  • Acrescente a cenoura ralada e misture.
  • Despeje a massa na forma e leve ao forno por 30 a 35 minutos. Depois de assado, espere esfriar sobre uma grade antes de desenformar.

Notas

Como é um bolo sem glúten, ele tende a esfarelar um pouco em 1 ou 2 dias.
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Participe dos comentários

  1. Achei muito boa essa receita. Leve e muito saboroso. Usei o limão Tahiti mesmo, deu um toque de sabor especial no bolo. O meu ficou uns 50 minutos no forno, não sei se errei na quantidade de algum ingrediente. Além de gostoso, o bolo ficou muito bonito! Obrigada pela receita!

  2. Que delícia Monica! Será que funciona também com limão tahiti?
    O leite vegano está substituindo o leite animal, certo?! Mas poderia ser apenas com água? Altera o sabor?
    E por fim, a farinha de arroz pode ser substituída por farinha de amêndoa?
    Obrigada!

    1. Pode usar outro tipo de limão, mas substituir o leite por água vai deixar a textura do bolo diferente… Outra opção para a farinha de arroz é a farinha de aveia. Se você não tiver em casa, pode processar flocos de aveia até virar farinha!

  3. Acabei de desenformar o meu. Uma delicia! Ficou lindo! Tem uma consistência que lembra um pouco um pudim. É assim mesmo?

    1. Adoro esse bolo! Mas o meu costuma ficar mais sequinho…Olha nas fotos!

  4. Gisela Taibo Ruschioni says:

    Obrigada pela receita fiz e ficou muito gostoso como tudo que faz. Beijinhos!

    1. Que bom que gostou da receita! Beijo

  5. Nossa! Adorei a receita… sou louca por bolo de cenoura e não posso comer por causa do glúten. Farei com certeza essa receita. Fica bom mesmo?
    Obrigada pela a dica 🙂

  6. Silvia Regina dos Santos Borges says:

    Monica, gostaria de sugerir uma outra loja, onde também poderá encontrar alguns dos ingredientes usados. É a loja Naturais Muniz, no Cohatrac, próximo ao Banco do Brasil.
    Lá encontramos farinha de arroz.,de coco, polvilho doce e azedo, frutas secas, cristalizadas, oleaginosas, óleo coco, entre outros produtos.
    Visite e confira!
    É só uma sugestão, pois frequento lá!

    1. Monica Hering says:

      Que bom ter mais uma opção Silvia! Vou lá conhecer com certeza.

  7. Onde você costuma encontrar esses e a maioria dos ingredientes, usados em suas receitas aqui em São Luís?

    1. Encontro na Empório Fribal, Ponto Natural (na av. dos Holandeses) e Via Vegetal. Mas de vez em quando apanho um pouco para encontrar os ingredientes que costumo usar! Se precisar de ajuda, me avise que posso dar algumas dicas mais específicas! Bjs

Close
© 2021 - Santo Legume
Close