Bolo de fubá com limão

by Monica Hering

Neste momento em que escrevo, estamos em isolamento total aqui no litoral. Hoje começou o “lockdown”. Apesar disso não fazer muita diferença no meu caso, afinal me mantive isolada durante o último ano inteiro. A parte difícil é conviver com as notícias terríveis. Estou me esforçando para manter um pouco de normalidade no dia a dia. Procuro fazer o que mantém a mente um pouquinho mais leve,  que me faz sentir bem, quem sabe até feliz (pelo menos em alguns momentos).

Dentro de casa tenho muita distração com os resquícios da mudança de cidade. E quando penso que já abri todas as caixas de papelão e aparentemente encontrei lugar para colocar minhas coisas na casa nova, tropeço por uma caixa ou pacote. Eles devem se multiplicar de alguma forma bem sobrenatural durante a madrugada. Mas fiquei bem satisfeita com o resultado da “decoração basicona” do novo lar, feita com uma boa dose de improviso. O que faltou, vai continuar faltando por algum tempinho.

Minhas plantinhas, que agora são moradoras de apartamento, ainda estão buscando o melhor ângulo para caçar o sol ou fugir do excesso de vento. Ficaram um pouco tristonhas, perderam folhas, ameaçaram dar baixa. Estão resistindo e é isso que realmente me importa. Assim como elas, eu também estou me adequando ao lugar, ao clima, a uma nova rotina. As tarefas mudaram bastante comparadas com as da vida de sitiante que tive até outro dia. Mas só presto atenção para o lado bom das novidades, dou minha palavra!

Tenho lido bastante. Coloquei minha poltroninha favorita (aquela que tem os braços meio gastos, já falei dela por aqui) num cantinho bem iluminado. Durante o dia, a luz natural e uma janela ao lado para não derreter quando está quente. De noite um bom abajur e um pufe para descansar as pernas. Na mesinha lateral uma pequena pilha de livros está crescendo. São poucos os livros que eu acabo e coloco na estante. Peguei o hábito de marcar páginas e parágrafos, reler, refletir e até anotar algumas frases. Tenho me arriscado a escrever folhas e mais folhas nos meus cadernos. Fiz até um curso de escrita, mas esse é um assunto para outro dia!

Bolo de fubá e limão

A cozinha já anda com cheiro dos meus temperos. Gosto de sentir quando o espaço passa alguns sinais de “pertencimento”. E cozinha para quem gosta de cozinhar tem dessas coisas, tem que vestir o manequim de quem a usa. Ando numa fase de refazer as minhas receitas preferidas. Pesquisar onde encontrar os ingredientes também é uma aventura em um novo lugar, principalmente evitando sair muito por causa da pandemia. Haja adaptação com o que tem na despensa. 

O bolo de fubá com limão foi uma das receitas que revisitei nas últimas semanas. Trouxe um pacote de fubá orgânico do interior, junto com a mudança. Boas lembranças de fornecedores amigos e queridos. E como não tinha limão siciliano em casa, fiz com o taiti. Tenho que reconhecer que a versão original é muito boa (não vou dizer melhor!), no entanto, o mais importante foi ter um bolo prontinho para tomar com uma caneca de café no final da tarde. Algo como a Nina Horta descreveu como “comida de alma” no livro “Não é sopa”, um dos que estou relendo bem devagarinho.

“Comida de alma é aquela que consola, que escorre garganta abaixo quase sem precisar ser mastigada, na hora da dor, de depressão, de tristeza. Dá segurança, enche o estômago, conforta a alma, lembra a infância…”

Nina horta – Não é sopa
Bolo de fubá e limão

Bolo de fubá com limão

Ingredientes

  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1 ½ xícara de fubá
  • 1 xícara de açúcar demerara
  • 1 xícara de água
  • ¼ xícara de suco de limão siciliano
  • ½ xícara de óleo vegetal
  • 1 colher (sopa) de vinagre de maçã
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • Raspas de 1-2 limões sicilianos

Modo de fazer

  • Preaqueça o forno (180°C). Unte e polvilhe com fubá uma forma média com furo central.
  • Coloque em uma tigela a farinha e o fubá, misture. Junte o açúcar, água, suco de limão, óleo e o vinagre. Mexa até que fique homogêneo.
  • Acrescente por fim o fermento e as raspas de limão. Misture somente até incorporar.
  • Transfira para a forma e leve ao forno por 30 a 40 minutos, ou até que espetando um palito no centro, ele saia limpo.
  • Espere esfriar antes de desenformar.

Outras sugestões:

2 comentários

Alessandra M 27 de abril de 2021 - 22:31

Que bolo lindo! Tenho fuba e limão siciliano em casa, vou fazer ; )
Espero que suas plantinhas já estejam mais adaptadas!
Beijos

Responder
Monica Hering 29 de abril de 2021 - 18:22

Oi Alessandra! Me conta o que achou do bolo! As plantinhas estão gostando daqui. Já estão bem adaptadas

Responder

Deixe um comentário