Biscotti

by Monica Hering

Já experimentou meditar enquanto prepara alguma receita? Acho que faço isso com frequência! O hábito de evitar pensamentos enquanto separo os ingredientes, mexo em uma tigela ou amasso com as mãos é bem comum. Me concentro e de certa forma, limpo a mente. Algo que tem sido bem necessário em tempos tão estranhos como os que continuamos a viver, não é mesmo?

Em uma daquelas arrumações nas pastas de receitas encontrei esta de biscotti, um tipo de biscoito que fica bem duro e é servido junto com alguma bebida para ser molhado e degustado aos bocadinhos. Na Itália esse tipo de biscoito é servido com vinho de sobremesa, aquele adocicado. Por aqui gosto de acompanhar com uma caneca de café com leite ou um chá.

Biscotti

 Fui para a cozinha e passei uma tarde desligada do resto do mundo… A receita não é nada complicada, mas demora um pouco porque é assada em duas etapas. Primeiro os rolinhos de massa são levados ao forno até firmarem. Alguns minutos fora do forno e em seguida os rolinhos são fatiados com uma faquinha serrilhada e voltam ao forno. Por isso ficam bem crocantes (ou um tantinho duros para algumas pessoas!).  

Descobrir algumas formas de desconectar e tranquilizar a mente é perfeito para lidar com a ansiedade que tem atropelado a gente como trator depois de tanto tempo fechados dentro de casa. No último post aqui no blog falei que fiz um curso que me ajudou bastante a entender a importância da escrita na minha vida. 

Biscotti

Aliás, para todos que mandaram mensagens perguntando, fiz o curso com a Cris Lisboa da GoWriters (recomendo muito para quem gosta de escrever). Um dos efeitos do curso é não dar mais conta de tanta palavra transbordando para o papel! Haja caderno – já que gosto de escrever, e não digitar.

E além das descobertas, existem os desafios. Com certeza todo mundo tem aquelas paixões que sempre foram platônicas, e só isso. Eu sempre achei pintura em aquarela algo extraordinário. Não é só “lindo”: a simplicidade de alguns traços de pincel bem despojados que formam alguma figura ou objeto é algo muito especial. Mas nunca me atrevi a pintar. Nunca sequer me aproximei dos pincéis e tintas… Há algumas semanas vi algumas aquarelas ilustrando um livro e me senti motivada. Pesquisei alguns materiais e acabei me presenteando com uma caixinha de tintas. Vários tutoriais depois, muitos borrões e um bloco de papel cheio de rascunhos (e algumas manchas), descobri que dificilmente vou ser um talento dos pincéis. Mas vou me divertir bastante com as tentativas recheadas de nenhum pudor ou vergonha. E quem sabe alguns poucos desenhos dignos de uma moldura para um cantinho da casa!

Posso não me tornar um talento, mas não deixo de tentar nada do que tenho vontade de aprender. A gente tem o péssimo hábito de adiar nossos sonhos ou mesmo pequenos desejos para sabe-se lá quando. Aprendi que o melhor momento é sempre hoje, agora! E apesar de vivermos um momento cheio de limitações, dá para criar um pequeno-grande universo dentro do nosso dia a dia. 

Ainda sobre o biscotti: coloquei um pouco (bem pouco mesmo, que é o que tinha em casa!) de amêndoas picadas e alguns figos secos que estavam ficando velhinhos e duros. Use aquilo que tiver: passas (claras ou escuras), damasco seco, nozes, castanhas. Mas não coloque muito, caso contrário pode ser difícil fatiar. Ou então, as fatias podem partir em pedaços. 

Biscotti

Biscotti

Ingredientes

  • xícara de farinha de trigo
  • xícara de farinha de trigo integral
  • 2 colheres (chá) de fermento em pó
  • ¼ colher (chá) de sal
  • 1 colher (chá) de raspas de laranja (opcional)
  • 1 xícara de açúcar (usei demerara)
  • ½ xícara de leite vegetal
  • 5 colheres (sopa) de suco de laranja
  • 4 colheres (sopa) de araruta (ou amido de milho)
  • 2 colheres (sopa) de óleo vegetal
  • 1 colher (chá) de extrato de baunilha (opcional)
  • Passas, damasco seco ou figo seco picados
  • Nozes, amêndoas ou castanhas do Pará picados

Modo de fazer

  • Preaqueça o forno (180°C). Unte ou forre com papel manteiga uma assadeira grande.
  • Misture o suco de laranja com a araruta e reserve.
  • Em uma tigela média misture as farinhas, fermento, sal e as raspas de laranja. Reserve umas 3 ou 4 colheres de sopa de farinha de trigo para o momento de moldar.
  • Misture em outra tigela o açúcar e o leite. Acrescente a araruta dissolvida, o óleo, extrato de baunilha.
  • Junte as farinhas e misture até ficar homogêneo. Por fim acrescente as frutas secas e nozes picadas. Junte a farinha reservada aos poucos, até que a massa fique firme.
  • Divida a massa em 3 ou 4 partes e molde rolinhos. Coloque na assadeira e achate ligeiramente. Leve ao forno e asse por 30 a 35 minutos.
  • Retire do forno e espere uns 15 minutos (mantenha o forno ligado). Transfira para uma tábua de madeira e fatie com uma faca serrilhada (deixe uma espessura de uns 7 ou 8mm).
  • Espalhe na assadeira, sem sobrepor, e retorne ao forno por mais uns 20 a 25 minutos. Vire na metade do tempo.
  • Depois de frio, guarde em potes herméticos.

Outras sugestões:

1 comentário

Rafaela Tavares 30 de abril de 2021 - 09:48

Suas postagens são ótimas, estou seguindo seu blog e curtindo bastante!! Parabéns!

Responder

Deixe um comentário