Cuscuz com legumes grelhados

by Monica Hering

Quando a gente não precisa cozinhar para mais ninguém no dia a dia, corre o risco de sentir uma preguiça enorme de fazer um almoço decente todos os dias. E se não tomarmos cuidado, acabamos comendo lanche e salada quase todos os dias. Aqui em casa almoço sozinha durante a semana. Treino logo cedo e quando volto para casa, faço um lanche bem caprichado…

Só que isto acaba fazendo com que eu não tenha fome tão cedo. Basta me distrair com algo que ocupe minha atenção e quando percebo, já passou o horário que seria o ideal para almoçar. Há dias em que tenho algo preparado, ou uma porção do almoço da véspera. Mas quando tudo está congelado ou demanda um tempinho maior para ser preparado, percebo que o dia vai ser só de salada!

Cuscuz com legumes grelhados

Para tentar ser mais disciplinada, comecei a fazer um esquema por escrito do cardápio da semana. Os critérios são: receitas fáceis, rápidas, leves e que são feitas com ingredientes que costumo ter em casa sempre. Caso contrário, tenho que incluir um eventual ingrediente “diferente” na lista de compras da semana anterior. E o meu planejamento de refeições está funcionando! Estou conseguindo cada vez mais me organizar para comer receitas bem gostosas durante a semana toda.

Cuscuz com legumes grelhados

Na receita do cuscuz com legumes, usei os legumes que eu tinha na geladeira. A receita na qual me inspirei pedia pimentão vermelho, e, como não tinha, usei tomates sem a pele. O cuscuz marroquino dispensa apresentações e foi feito em apenas 5 minutos.

Caso não tenha o caldo de legumes, use água fervente para hidratar. Tempere com sal e azeite depois que estiver pronto. O molho de tahine foi a grande sensação da receita: ficou tão gostoso que virou praticamente o substituto da maionese aqui em casa. Já preparei diversas vezes e mantenho na geladeira dentro de um vidro com tampa. Na hora de usar, é só sacudir o vidro e servir.


Cuscuz com legumes grelhados

Ingredientes

  • 1 berinjela
  • 1 abobrinha grande ou 2 pequenas
  • 1 pimentão vermelho sem as sementes
  • 4 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 1 xícara de sêmola para cuscuz marroquino
  • 1 xícara de caldo de legumes
  • 2 colheres (sopa) de ervas picadas (hortelã, salsa e coentro)
  • Sal e pimenta do reino

Molho de tahine:

  • 1 colher (sopa) de tahine
  • 125 g de iogurte vegetal (usei iogurte de coco)
  • 1 dente de alho espremido
  • ½ colher (sopa) de suco de limão
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva
  • ½ colher (chá) de melado opcional

Modo de fazer

  • Corte a berinjela e a abobrinha em fatias com 0,5 cm de espessura.
  • Divida o pimentão em quartos.
  • Coloque os legumes em uma assadeira ou travessa refratária e tempere com o azeite, sal e pimenta. Misture bem.
  • Leve os legumes ao forno aquecido até ficarem dourados, virando uma ou duas vezes.
  • Coloque o cuscuz em uma tigela refratária e junte o caldo aquecido. Cubra e deixe descansar por 5 minutos.
  • Solte com um garfo e acrescente as ervas. Tempere com sal, pimenta e um fio de azeite.
  • Prepare o molho de tahine misturando todos os ingredientes em um vidro com tampa. Tempere com sal e pimenta a gosto, tampe e sacuda para misturar.
  • Sirva o cuscuz acompanhado dos legumes e coberto com o molho de tahine.

Notas

Se não tiver o caldo de legumes para hidratar o cuscuz marroquino, use 1 xícara de água quente.

Outras sugestões:

4 comentários

janice 12 de abril de 2017 - 21:19

Retirei as carnes de frango e vermelhas,mas nao abri mao de peixes. Suas receitas sao simples e boas, vou expeirimenta-las e darei noticias.

Responder
mohering 12 de abril de 2017 - 21:28

Peixes e frutos do mar também foram as últimas proteínas de origem animal que retirei da minha alimentação. Espero que goste das receitas!

Responder
M.jacira 15 de fevereiro de 2017 - 17:48

Mônica suas receitas são divinas caiu em cheio na minha opção de se alimentar de forma saudável ,pratos bonitos e convidativos aos olhos e paladar ..?…. estou fazendo o maior sucesso e digo aprendi com a Mônica

Responder
mohering 15 de fevereiro de 2017 - 17:53

E eu fico super feliz!!! E inspirada…

Responder

Deixe um comentário