Macarrão com pesto e legumes

Ando com saudades das hortas que tive no meu passado recente. Em São Luís cultivava uma horta nas floreiras do andar onde moramos e o pé de manjericão virou um pequeno arbusto. No sítio, no interior de São Paulo, plantei um canteiro bem grande com ervas de todos os tipos. Passei muito tempo sem saber o que era comprar um vidrinho de molho pesto. E para ser bem exibida, fiz muito pesto de rúcula com salsa, coentro, além dos básicos de manjericão. Por aqui, no litoral, ainda não consegui me ajeitar com a horta de vasos na varanda… Talvez seja muito vento, ou sol, ou quem sabe eu uso tanto que as pobrezinhas não dão conta do meu consumo.

Eu andava com vontade de fazer algumas receitas como esta do macarrão abaixo e sempre deixava de lado por causa da falta do pesto. Comprar um vidrinho não é bem a minha solução preferida, porque o pesto industrializado sempre tem queijo, algo que evito consumir. O jeito foi esperar encontrar um maço de manjericão de bom tamanho. Quem faz pesto com frequência sabe que é preciso mais do que alguns galhinhos…

Pesto de manjericão - Santo Legume

Parecem questões um pouco sem importância. Mas depois de alguns anos evitando alguns alimentos, não se trata mais só do sabor ou de questões éticas. É o corpo que não reage bem a certos ingredientes ou preparos. Quando como algo fora de casa tenho que ser cuidadosa para não ter problemas. E restringir a vida social também não é uma solução desejável… Não dá para recusar um pedaço de pizza com queijo depois que seu amigo fala com muito orgulho que pediu uma pizza vegetariana pensando em você!

Já são seis anos desde que fiz a transição para o vegetarianismo estrito (ou veganismo), e nem sempre é fácil a gente encontrar soluções para algumas questões do dia a dia. Durante as várias internações que passei durante o tratamento e cirurgias, me vi dando aula dentro do hospital ao pedir uma alimentação vegana e receber algumas refeições totalmente em desacordo. Ou o que também não é nada bom, receber alimentos industrializados e super processados. Passei a fazer contrabando da minha comida para dentro do hospital!

Continuo acreditando na importância das minhas escolhas alimentares, não só por minha saúde, mas também pelo impacto que elas podem ter no meio ambiente. Fico animada quando vejo que o blog e as receitas que compartilho ajudam quem quer seguir o mesmo caminho, ou pelo menos reduzir o consumo de proteína animal ou ingredientes super processados (e que não são nada saudáveis).

Uma das soluções no dia a dia é preparar muitos ingredientes em casa, como é o caso do molho pesto. Mesmo que isso signifique um trabalho extra! A minha receita preferida é o pesto de manjericão que já foi publicada aqui no blog e é bem fácil e rápida. Sugiro uma olhadinha por lá. E para quem gosta de variações, experimentem usar parte das folhas de salsa, coentro ou até rúcula.

Macarrão com pesto e legumes

Ingredientes

  • ½ pacote de macarrão curto (penne, parafuso)
  • ½ xícara molho pesto
  • legumes a sua escolha: floretes de brócolis, ervilhas congeladas, alho-poró fatiado, vagem ou ervilha torta, aspargo
  • ½ cebola fatiada em tiras finas
  • 1 colher (sopa) azeite de oliva
  • sal e pimenta do reino
  • folhas frescas de hortelã ou salsa

Modo de fazer

  • Cozinhe o macarrão de acordo com as instruções da embalagem.
  • Enquanto isso cozinhe os legumes no vapor. Cozinhe um de cada vez e reserve.
  • Assim que o macarrão estiver cozido, escorra reservando parte da água do cozimento.
  • Aqueça uma frigideira funda e refogue a cebola com o azeite até ficar translúcida. Junte os legumes e tempere com um pouco de sal e pimenta. Cozinhe por alguns minutos para dourar levemente.
  • Junte o macarrão e o molho pesto. Misture. Se ficar muito seco, junte um pouco de água reservada do cozimento do macarrão.
  • Sirva polvilhado com folhas de hortelã ou salsa grosseiramente picadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close
© 2022 - Santo Legume
Close