Arroz cateto e negro com grão de bico e cebola frita

by Monica Hering

O final de semana foi leve, bem produtivo e até animado! Com direito a muita comida gostosa, fotos lindas, alguns filmes e até ânimo para arrumar um pouco a casa e ainda caminhar… Mas tenho que reconhecer que a última semana não foi fácil. Os cabelos começaram a cair… e cada vez em maior quantidade. 

Apesar de saber que isso iria acontecer na quimioterapia, não é exatamente fácil vivenciar esse processo. Preferi abreviar essa etapa e pedi que meu cabeleireiro viesse em casa cortar tudo…de uma só vez. E ponto final! Tá certo que ainda não estou conseguindo me olhar no espelho… Mas uma hora isso passa! 

Por outro lado, a colocação do cateter deu certo. Lá fui eu para o hospital sem pensar muito em como seria a sensação de ter um corpo estranho dentro de mim. Já que é inevitável… vamos a ele! Tudo correu bem e foi bem rápido. É claro que não consegui dormir bem por alguns dias. Não podia me mexer na cama que sentia aquele incômodo, fisgadas… Esse trequinho não passa desapercebido! Mas a função dele (que é quase a de uma entrada USB) é muito importante: a infusão de quimioterapia se tornou bem mais fácil e menos dolorida.

Arroz cateto e negro com grão de bico e cebola frita

Nos dias em que me sinto bem, uso meu tempo livre pra organizar meus livros de receita (que hoje em dia não são muitos!) e marcar receitas que quero testar. Em alguns casos é preciso pensar em como adaptar para que a receita se torne vegana e acho isso bem divertido e desafiador. Nem sempre os testes dão certo na primeira tentativa e passo horas pensando em como mudar algo para um novo teste.

Arroz cateto e negro com grão de bico e cebola frita

A receita abaixo foi ligeiramente adaptada do livro “Jerusalém“, do Ottolenghi. A original leva arroz basmati e arroz selvagem. Como não tinha nenhum dos dois em casa, acabei usando arroz cateto e arroz negro, e, sem modéstia, acho que as substituições foram muito boas!

Quando usamos tipos de arroz diferentes, é preciso levar em conta o tempo de cozimento de cada um deles. Uma dica para evitar que um fique muito ou pouco cozido é cozinhá-los separados e depois juntar no final do preparo.


Arroz cateto e negro com grão de bico e cebola frita

Ingredientes

  • 3/4 xícara de arroz cateto integral
  • 1/2 xícara de arroz negro
  • 3 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • Sal
  • 2 colheres (chá) de cominho em pó
  • 1/2 colher (chá) de curry
  • 1 e 1/2 xícara de grão de bico cozido
  • Óleo de girassol (quanto menos melhor!)
  • 1 cebola média cortada em fatias finas
  • 1 colher (sopa) de farinha de arroz integral
  • 2 colheres (sopa) de salsa picada
  • 1 colher (sopa) de coentro picado
  • Pimenta do reino

Modo de fazer

  • Cozinhar os 2 tipos de arroz separados, já que o tempo de cozimento sera diferente. Refogue cada um deles em um pouco de azeite e acrescente 3 vezes a quantidade de água mais um pouco de sal. Reserve.
  • Aqueça 1 e 1/2 colher de sopa de azeite de oliva em uma panela, junte o cominho e o curry e logo em seguida o grão de bico e uma 1 pitada de sal. Mexa por 1 minuto, apenas para aquecer o grão de bico.
  • Aqueça uma fina camada de óleo de girassol em uma panela funda. Passe as tiras de cebola na farinha de arroz e frite em etapas até dourar. Transfira para um prato forrado com papal absorvente. Repita com o restante da cebola.
  • Misture os dois tipos de arroz com o grão de bico, as ervas picadas e a cebola frita. Corrija o tempero, se necessário. Sirva morno ou em temperatura ambiente.
Arroz cateto e negro com grão de bico e cebola frita

Outras sugestões:

5 comentários

Maria da Penha 17 de agosto de 2019 - 09:05

Monica, bom dia, quero muito agradecer o seu compartilhar de vida, suas experiencias e cada renovação de atitude no enfrentar as situações. minha gratidão pelo seu blog, tem me ajudado muito a mudar meu estilo de vida.

Responder
Iêda 29 de março de 2019 - 11:50

Amo Arroz Negro de qualquer jeito! Tem sabor e textura especiais! Vou experimentar esta receita!

Responder
Monica Hering 29 de março de 2019 - 15:06

Tenho certeza de que vai adorar!

Responder
Gabriela 17 de setembro de 2018 - 18:35

Parece muito bom! Vou experimentar!
Essa quantidade serve quantas pessoas?
Obrigada!

Responder
Monica Hering 18 de setembro de 2018 - 08:14

Olá Gabriela! Aqui em casa serviu 4 porções, mas esse tipo de quantificação pode ser bem relativa já que depende do tamanho das porções com que cada um está acostumado. Acabo até evitando marcar…

Responder

Deixe um comentário