Arroz cateto e negro com grão de bico e cebola frita

O final de semana foi leve, bem produtivo e até animado! Com direito a muita comida gostosa, fotos lindas, alguns filmes e até ânimo para arrumar um pouco a casa e ainda caminhar… Mas tenho que reconhecer que a última semana não foi fácil. Os cabelos começaram a cair… e cada vez em maior quantidade. 

Apesar de saber que isso iria acontecer na quimioterapia, não é exatamente fácil vivenciar esse processo. Preferi abreviar essa etapa e pedi que meu cabeleireiro viesse em casa cortar tudo…de uma só vez. E ponto final! Tá certo que ainda não estou conseguindo me olhar no espelho… Mas uma hora isso passa! 

Por outro lado, a colocação do cateter deu certo. Lá fui eu para o hospital sem pensar muito em como seria a sensação de ter um corpo estranho dentro de mim. Já que é inevitável… vamos a ele! Tudo correu bem e foi bem rápido. É claro que não consegui dormir bem por alguns dias. Não podia me mexer na cama que sentia aquele incômodo, fisgadas… Esse trequinho não passa desapercebido! Mas a função dele (que é quase a de uma entrada USB) é muito importante: a infusão de quimioterapia se tornou bem mais fácil e menos dolorida.

Arroz cateto e negro com grão de bico e cebola frita

Nos dias em que me sinto bem, uso meu tempo livre pra organizar meus livros de receita (que hoje em dia não são muitos!) e marcar receitas que quero testar. Em alguns casos é preciso pensar em como adaptar para que a receita se torne vegana e acho isso bem divertido e desafiador. Nem sempre os testes dão certo na primeira tentativa e passo horas pensando em como mudar algo para um novo teste.

Arroz cateto e negro com grão de bico e cebola frita

A receita abaixo foi ligeiramente adaptada do livro “Jerusalém“, do Ottolenghi. A original leva arroz basmati e arroz selvagem. Como não tinha nenhum dos dois em casa, acabei usando arroz cateto e arroz negro, e, sem modéstia, acho que as substituições foram muito boas!

Quando usamos tipos de arroz diferentes, é preciso levar em conta o tempo de cozimento de cada um deles. Uma dica para evitar que um fique muito ou pouco cozido é cozinhá-los separados e depois juntar no final do preparo.


Arroz cateto e negro com grão de bico e cebola frita

Ingredientes

  • 3/4 xícara de arroz cateto integral
  • 1/2 xícara de arroz negro
  • 3 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • Sal
  • 2 colheres (chá) de cominho em pó
  • 1/2 colher (chá) de curry
  • 1 e 1/2 xícara de grão de bico cozido
  • Óleo de girassol (quanto menos melhor!)
  • 1 cebola média cortada em fatias finas
  • 1 colher (sopa) de farinha de arroz integral
  • 2 colheres (sopa) de salsa picada
  • 1 colher (sopa) de coentro picado
  • Pimenta do reino

Modo de fazer

  • Cozinhar os 2 tipos de arroz separados, já que o tempo de cozimento sera diferente. Refogue cada um deles em um pouco de azeite e acrescente 3 vezes a quantidade de água mais um pouco de sal. Reserve.
  • Aqueça 1 e 1/2 colher de sopa de azeite de oliva em uma panela, junte o cominho e o curry e logo em seguida o grão de bico e uma 1 pitada de sal. Mexa por 1 minuto, apenas para aquecer o grão de bico.
  • Aqueça uma fina camada de óleo de girassol em uma panela funda. Passe as tiras de cebola na farinha de arroz e frite em etapas até dourar. Transfira para um prato forrado com papal absorvente. Repita com o restante da cebola.
  • Misture os dois tipos de arroz com o grão de bico, as ervas picadas e a cebola frita. Corrija o tempero, se necessário. Sirva morno ou em temperatura ambiente.
Arroz cateto e negro com grão de bico e cebola frita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários

  1. Maria da Penha says:

    Monica, bom dia, quero muito agradecer o seu compartilhar de vida, suas experiencias e cada renovação de atitude no enfrentar as situações. minha gratidão pelo seu blog, tem me ajudado muito a mudar meu estilo de vida.

  2. Amo Arroz Negro de qualquer jeito! Tem sabor e textura especiais! Vou experimentar esta receita!

    1. Tenho certeza de que vai adorar!

  3. Parece muito bom! Vou experimentar!
    Essa quantidade serve quantas pessoas?
    Obrigada!

    1. Olá Gabriela! Aqui em casa serviu 4 porções, mas esse tipo de quantificação pode ser bem relativa já que depende do tamanho das porções com que cada um está acostumado. Acabo até evitando marcar…

Close
© 2022 - Santo Legume
Close