Pão

Pão de mandioca (ou macaxeira)

Pão de mandioca - vegano

Ultimamente, além de testar diversas receitas de pão, tenho procurado aprender a lidar com diferentes tipos de massa. A mandioca, ou macaxeira como é conhecida aqui em São Luís, foi um desafio porque é preciso aprender a saber quando ela está fresca, e não comprar quando já está um tantinho velha. E até descobrir isso, confesso que produzi alguns pães com esta receita que não ficaram lá muito macios. Agora procuro comprar somente do meu fornecedor de orgânicos!

Pão de mandioca - vegano

Durante muito tempo fiz esta receita com um ovo na massa. Desde que me tornei vegetariana, deixei de usar o ovo e a única diferença foi uma massa um pouquinho menos amarela. No restante, não senti muita diferença na textura e sabor.

Esse contato com os ingredientes é algo extremamente importante. Desaprendemos a lidar com a comida, com os alimentos… Reaprender (ou muitas vezes aprender!) a cozinhar de uma forma mais intuitiva e natural, é na minha opinião, um dos caminhos para uma boa alimentação.

Pão de mandioca - vegano

Pão de mandioca (ou macaxeira)

Versão vegana do tradicional pão de mandioca

Ingredientes

  • 250 g de mandioca (ou macaxeira) fresca e sem a casca
  • 1 colher (sopa) de fermento biológico instantâneo (1 envelope de 10g)
  • ¼ xícara de açúcar demerara
  • 3 a 3 1/2 xícaras de farinha de trigo
  • ¼ xícara de óleo vegetal
  • 2 colheres (chá) de sal

Modo de fazer

  • Coloque a mandioca e cubra com água em uma panela e leve ao fogo médio por 40 minutos, ou até que esteja bem macia.
  • Retire do fogo e coloque a mandioca e 1 xícara de água do cozimento no liquidificador ou processador. Descarte os fios duros da mandioca antes de bater ou processar. Bata até obter um purê liso.
  • Transfira para uma tigela grande e espere amornar.
  • Junte o fermento e o açúcar e misture até incorporar. Acrescente 1 xícara de farinha, misture e deixe descansar por uns 15 minutos.
  • Adicione o óleo e o sal e vá acrescentando a farinha aos poucos, trabalhando a massa até que comece a desgrudar das mãos (ela ainda vai estar um tantinho grudenta!)
  • Cubra com um pano limpo e deixe descansar em lugar protegido por 1 hora, ou até que dobre de tamanho.
  • Preaqueça o forno em temperatura média (200-220°C). Unte e polvilhe com farinha uma forma para bolo inglês grande (ou 2 formas menores). Transfira a massa e alise a superfície.
  • Leve ao forno por uns 30 minutos, ou até que esteja assado e dourado.
Pão de mandioca - vegano

Publicado por Monica Hering

Gosto de comida simples e saudável, feita com ingredientes naturais, sem super processamento e com gosto de comida de verdade. Sou adepta da alimentação baseada em vegetais (ou plant-based).

26 comentários sobre “Pão de mandioca (ou macaxeira)”

  1. Luzia R. Rosenbaum disse:

    Quero lhe fazer uma sugestão quanto à fermentação do pão. Após 1 hora de descanso coberto com pano, pegue a massa, dê umas dobras nela, boleie-a com tensão e coloque-a numa tigela, levemente untada com óleo. Cubra com plástico (ou tampa) e leve à geladeira por, pelo menos, 12 horas, para fermentar lentamente. Após esse período, tirar da geladeira, coloque-o em local protegido, para que ele possa crescer o suficiente para ser assado. Esse processo de fermentação longa, faz com que o pão se torne mais digestivo e mais leve. Ok?

  2. Eduardo disse:

    Receita deliciosa, já fiz 3 vezes! Fica delicioso com erva doce ou com azeite de oliva como óleo! Abraços

  3. Daniele disse:

    Bom dia! Tu já testou com fermento biológico fresco?

    1. Olá Daniele! Nunca testei porque é difícil encontrar o fresco aqui onde moro. Mas aqui no blog tenho um infográfico que dá dicas de como converter do instantâneo para o fresco: como usar o fermento biológico.

  4. *Quanto tempo ele dura? Tenho que guardá-lo na geladeira. É só pra uma pessoa. Quero muito fazê-lo.*

    1. Olá! Faça 2 pães, ou divida ao meio e congele uma das partes. Quando descongelado fica perfeito!

  5. Carol disse:

    Parece uma delicia, com certeza vou testar
    Esse pão não tem que sovar?

    1. Olá Carol! No passo 5, quando falo “trabalhar a massa” seria o sovar!

  6. Isabelle disse:

    Fiz a receita substituindo 1 xic de farinha de trigo por farinha de aveia. Ficou parecendo um brioche e ficou gostoso. Receita muito simples.

    1. Esse pão é muito gostoso, não é mesmo?

  7. Rejane disse:

    Oi, Monica, depois de colocar na forma não tem que deixar crescer , de novo?

    1. Pode deixar crescer depois de colocar na forma. No entanto, essa receita em particular nem precisa!

  8. Diana disse:

    Posso substituir a farinha de trigo por outra? 🙂

    1. Monica disse:

      Já substituí parte da farinha por farinha de aveia (menos da metade) e ficou bom. Mas nunca testei substituir toda a farinha de trigo… Sinceramente, não sei qual seria o resultado!

  9. Mariana disse:

    Vou fazer essa receita vegana

    1. Monica disse:

      Você vai adorar Mariana! O pão da foto é na versão vegana…Não ficou lindo? Tem uma textura bem fofinha

  10. Diva Suesa disse:

    Ótima receita! Fiz em formato pequeno e redondo(100gr)….Aprovado!

    1. Monica disse:

      Que delícia! Tenho feito em formas de bolo inglês pequenas para congelar alguns. Está dando certo!

  11. Rosi disse:

    Monica gosto muito de Ovo, quantos poderia acrescentar?

    1. Monica disse:

      Olá Rosi, acrescente um ovo junto com o óleo e o sal.

  12. Iamilly Cunha disse:

    Fiz a receita e o pão ficou ótimo. Além disso, é muito prático.

    1. mohering disse:

      Deve ter ficado uma delícia! Adoro essa receita…

  13. Sérgio F. Carvalho disse:

    Olá Monica, fiz a receita de Pão de Mandioca. Ficou excelente, parabéns!

    1. Monica Hering disse:

      Fico feliz quando vejo que as receitas estão sendo testadas! E apreciadas! Obrigada

  14. Ronaldo correia de Araujo disse:

    Oi Monica quero muito suas receitas,sem complicação ótimas.

    1. Monica Hering disse:

      Olá Ronaldo! Que bom que está gostando da seleção publicada no blog. Tenho procurado escolher e testar receitas que não sejam complicadas, além de só usarem ingredientes “de verdade”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *