Pão

Pão de centeio e aveia

Pão de centeio e aveia

Café da manhã tem um significado muito importante no meu dia  (na minha vida!) desde que me conheço por gente. Não consigo começar o dia sem uma parada para uma caneca com café (gosto com um pouco de leite vegetal) e um pedaço de pão. Tenho que sentar, nada de comer correndo de pé na cozinha. O café até pode ser puro, feito em cafeteira, coado no coador de pano, mas tem que ser fresco (café requentado é melhor nem me oferecer). Pão não gosto se estiver duro, seco, prefiro os integrais e se possível com grãos. Se tiver uma geleia caseira ou um queijo é sempre mais especial… Uma fruta, tipo metade de um mamão papaia, uma laranja…

É quase um momento solene… Levantamos juntos e vamos juntos colocando tudo na mesa, leite na panelinha de ágata para aquecer, cortar as fatias de pão… Migalhas caindo na toalha de mesa… E aqui em São Luís temos a mesa na ponta da sala, quase saindo pela varanda, que é pra poder olhar o mar e ver se a maré tá subindo ou descendo. Aqui a vida gira em torno das marés que vão e voltam até 6 ou 7 metros. A praia fica enorme e some a cada sobe e desce do mar. A vida só começa depois que a gente levanta da mesa! 

Como faço o nosso pão em casa com frequência, a vontade de variar e testar novas receitas é bem comum (sou aquariana!). Há dias em que o tempo é curto (ou a preguiça de acompanhar o crescimento do fermento é grande), e uma receita mais rápida é bem vinda. E a receita deste pão de centeio é perfeita nesse quesito!

Pão de centeio e aveia

Adoro pães feitos com farinha de centeio. O sabor da farinha é diferente das outras, mais forte e com um leve toque amendoado. O pão fica mais denso, mas a tarefa de manusear a massa um pouco mais difícil. Acabo usando outras farinhas junto, como por exemplo, a farinha de trigo ou a farinha de aveia…

E aqui vai uma dica para esta receita: não use aveia instantânea (aquela usada no mingau…) que já é processada. Use uma aveia em flocos. Fiz uma pequena alteração na receita original, que pede 1 xícara de flocos de aveia. Achei que o pão ficou um pouco seco e quebradiço, então substituí parte da aveia por farinha de aveia. 

Comemos o pão cortado em fatias grossas acompanhado de geleia no café da manhã. No final do dia, preparamos alguns sanduíches abertos com patê de berinjela assada e uma salada de folhas verdes. Tivemos que resistir para não comer quase tudo… Pão fresquinho é tudo de bom!

Receita quase nada modificada do livro “Near&Far“, de Heide Swanson.

Pão de centeio e aveia

Pão de centeio e aveia

Ingredientes

  • 1 ½ xícaras de água morna
  • 1 colher (sopa) de fermento biológico instantâneo
  • 1 colher (sopa) de melado ou açúcar demerara
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1 xícara de farinha de centeio
  • ½ xícara de aveia em flocos
  • ½ xícara de farinha de aveia
  • 1 ½ colher (chá) de sal marinho
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva

Modo de fazer

  • Coloque a água morna em uma tigela, polvilhe o fermento e mexa até que dissolva. Junte o melado e deixe descansar por 5 a 10 minutos até que o fermento cresça e forme bolhas.
  • Enquanto isso misture as farinhas, a aveia e o sal em uma tigela grande.
  • Acrescente o fermento ativado e misture até ficar uniforme.
  • Pincele uma forma de pão com o azeite de oliva.
  • Coloque a massa na forma, cubra com um pano limpo e deixe em lugar protegido por 30 minutos.
  • Preaqueça o forno (180ºC).
  • Leve o pão ao forno até que fique dourado e soltando das laterais da forma.
  • Transfira para uma grade e espere 5 minutos antes de desenformar.
  • Pode ser servido morno.

Publicado por Monica Hering

Gosto de comida simples e saudável, feita com ingredientes naturais, sem super processamento e com gosto de comida de verdade. Sou adepta da alimentação baseada em vegetais (ou plant-based).

7 comentários sobre “Pão de centeio e aveia”

  1. Rosangela disse:

    Mônica, receita maravilhosa.

    Gratidão por compartilhar 😉

  2. sandra disse:

    Como devo congelar? ///embrulhado em papel filme? Em saquinhos plásticos?

    1. mohering disse:

      Olá Sandra! Eu prefiro usar sacos plásticos mais grossos. Quando faço pães pequenos uso o tipo zip, que além de ser mais prático, pode ser reutilizado.

    2. Rosangela disse:

      Fiz novamente hoje

    3. Fiz ontem Rosangela! Adoro essa receita…

  3. Leticia Alves de Toledo disse:

    Ola, estou adorando o blog recem conhecido e gostaria de saber se é possível modelar os paezinhos dessa receita e após congelar em unidades individuais e ir assando conforme a necessidade (fome kkk)… Obrigada e parabéns!

    1. mohering disse:

      Obrigada Leticia, fico tão feliz quando sei que o blog está sendo útil e curtido! Quanto ao pão, tenho feito em forminhas pequenas de bolo inglês. Asso e congelo logo que esfriam. Quando tiro do freezer, espero ficar em temperatura ambiente para consumir. Nem é preciso levar ao forno. Ele fica perfeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *